Benfica x Ajax, Prognóstico, Analise, Apostas, Liga do Campeões

Benfica x Ajax, Prognóstico, Analise, Apostas, Liga do Campeões

Benfica x Ajax, prognóstico, analise completa e sugestões de apostas para este jogo da 4ª Jornada da Liga do Campeões no Estádio da Luz. Leia a nossa previsão completa.

Ganhe Dinheiro com Futebol
BENFICA X AJAX • LIGA DOS CAMPEÕES

Depois de termos assistido a uma boa partida de futebol, na Johan Cruyff Arena, entre duas equipas que procuraram sair vencedoras, venceu aquela que foi bafejada pela sorte, o Ajax, beneficiando da incompetência benfiquista.

Quer o Ajax, quer o Benfica foram competentes a atacar e a defender e se, o Ajax teve oportunidades flagrantes para marcar mais golos, o Benfica também as teve, pelo que, face à produção ofensiva e competência defensiva, o empate teria sido o resultado mais justo. Só que a este nível, a concentração deve ser total, pois basta um momento de distracção para custar um jogo e foi precisamente o que sucedeu às águias. Um momento de desconcentração de Conti, um golo holandês e lá se foi o “pontinho”. Triste fado!

FORMA E MOMENTUM • BENFICA X AJAX • LIGA DOS CAMPEÕES

O Benfica parece estar desavindo com o seu passado. O passado mais recente e o mais distante. Um grande de Portugal a pensar pequeno. Um histórico na Europa a deambular de desilusão em desilusão. O presidente Luís Filipe Vieira afirmou, recentemente, que não se retira enquanto o Benfica não reerguer o troféu da Liga dos Campeões, mas parece mais próximo de repetir o fiasco europeu da época passada, do que impor-se e reafirmar-se.
Que crise é esta? A que se deve? São os casos na justiça? É o presidente? Será o treinador que está gasto, na sua retórica e no seu estilo? Serão os jogadores que se desleixaram? Não é normal o ocaso de golos e de vitórias que o Benfica atravessa. Não com os adversários que tem enfrentado.

O Benfica tem actuado de uma forma previsível, sem capacidade de surpreender os adversários. Depende das arrancadas de Grimaldo e joga, sistematicamente, esticando o jogo pelas laterais, centrando para a área. A espaços temos um Gedson que arranca um ou outro remate a meia-distância, mas o volume é reduzido. Quando Rui Vitória decide transformar o 4x3x3 em 4x4x2, os homens mais adiantados acabam por esbarrar uns nos outros.

A dependência de Pizzi faz todo o sentido, quando o jogador se encontra bem. Dele depende a circulação de bola e a ligação entre sectores. Sendo um elemento preponderante, que é, não se compreende como pode Rui Vitória substitui-lo sem procurar alternativas. Tem sido notório que após saída de Pizzi, deixa de haver meio-campo benfiquista, deixam de existir jogadas construídas a partir da defesa e passa a haver pontapé para a frente. Será que se trata de gestão de esforço?

Ganhe Dinheiro com Futebol

Na época passada o problema foi a falta de reforços, esta época os reforços quase dariam para formar uma equipa, mas onde andam? Na baliza, Vlachodimos afirmou-se, melhor seria, tanta é a qualidade. E os outros? Ferreyra, Castillo, Gabriel e Corchia, o que fazem?
O que se passa na defesa? Lema, Conti, Ruben Dias e Jardel, todos expulsos. Ansiedade, insegurança, falta de rumo, de liderança, agora que Luisão não está lá.
Jonas eclipsou-se por causa da lesão, mas já está apto, porque continua a aquecer o banco? Um jogador com tamanha qualidade, que joga e faz jogar não é titular? Se fosse o Barcelona compreendia-se, mas é o Benfica que para além do brasileiro tem Seferović, Ferreyra e Castillo. Serão estes melhores?

O que se passa, não sei, mas gostava que se resolvesse e depressa para bem dos benfiquistas. Um Benfica que não vence há três jogos e que conseguiu marcar somente um golo. Que na Luz, após vencer o Porto é goleado pelo Moreirense. É um Benfica está mais perto de repetir o fracasso europeu da época passada. Falta defrontar Ajax, Bayern München e AEK Atenas quando a diferença para os líderes é de quatro pontos. O que significa que o Benfica vai ter de se superar, vencendo e esperar pelos resultados futuros de Ajax e Bayern. Uma derrota com os holandeses, é sinónimo de despedida da Liga dos Campeões. As próximas semanas europeias vão ser feitas de “se”. Apesar de ter vencido o Fenerbahçe, na Luz, a verdade é que o Benfica só conseguiu vencer dois dos últimos oito jogos europeus em casa, porém, os últimos seis jogos na Luz frente a adversários dos Países Baixos saldaram-se em vitórias.

Vamos ao onze: Vlachodimos, André Almeida, Jardel, Grimaldo, Rúben Dias, Fejsa, Pizzi, Rafa, Cervi, Gedson Fernandes e Jonas.

O Ajax, limpa adversários tão bem ou melhor do que o limpa-vidros. E tem uma equipa que está a protagonizar uma recuperação incrível, face ao que tem conseguido em épocas mais recentes.

Na nossa análise ao jogo de Amsterdão havíamos registado que esta equipa jovem, joga muito bem com bola, praticando um futebol ofensivo, privilegiando a construção a partir de trás. Vamos traduzir esta filosofia em resultados. Em dois de Outubro, jogaram em Munique e empataram a uma bola com o Bayern. De seguida disputaram seis jogos em todas as competições, sem sofrer um único golo e vencendo, quase sempre, de forma expressiva. Foram dezoito golos em seis jogos, numa média de três por jogo. Impressionante! Mais, a jogar na qualidade de visitante, só perderam diante do PSV, o primeiro classificado da Eredivisie e que o Ajax persegue. São nove jogos sem perder, fora. São seis vitórias e três empates, fora.

Alguém acredita que este Ajax vem a Lisboa fazer de bombo da festa? Não, vêm para vencer, para somar três pontos e garantir a passagem à próxima fase. Vêm a Lisboa, preparados para explorar o mau momento das águias, beneficiando disso mesmo.
Sem indisponibilidades a registar, Erik ten Hag deverá repetir o onze de Amsterdão.

FACTOS & SUGESTÕES BENFICA X AJAX • LIGA DOS CAMPEÕES

No jogo de Amsterdão, saltou-me à vista a produção ofensiva de ambas as equipas, o que me levou a apostar no over. Mantendo esta coerência, neste jogo suportarei o under, porque o Ajax sofre pouquíssimos golos fora, aliás, desde Agosto de 2018 que as únicas equipas capazes de marcar ao Ajax foram o PSV e o Bayern, nos restantes seis jogos, o Ajax sofreu zero golos. O Benfica atravessa uma crise de golos. No Jamor trouxeram a folha limpa quando produziram o suficiente para quatro ou cinco golos. Com o Moreirense marcaram somente um.

Agora, o Benfica caminha sobre brasas e os jogadores vão alinhar ansiosos, inseguros, sem tranquilidade e vão atirar-se lá para a frente, atacar Onana e a baliza dos holandeses que, vêm tranquilos, confiantes com o que têm feito e com as vitórias que têm conseguido. Certos do seu valor e com maior conhecimento das fraquezas das águias. Os jogadores do Benfica vão procurar a vitória como se as suas vidas dependessem disso e esta pressão, habitualmente, vem associada a maior probabilidade de cometer erros.
Ainda assim, acredito que a haver um vencedor vai ser o Benfica, pelo peso e apoio que o estádio da Luz oferece.

ACESSO À LISTA DE PROGNÓSTICOS COM ANALISES GRATUITAS

Subscreva a lista de Prognósticos Escritos e vai receber todo o conteúdo escrito e disponibilizado no site na sua caixa de email em primeira mão (apenas vamos enviar prognósticos com analises detalhadas e 100% Gratuitas).

Todos os Dados Serão Enviados Para o Email indicado Acima

 

AS MINHAS APOSTAS SUGERIDAS PARA O BENFICA X AJAX

Aposta Mais Segura: Benfica Handicap Asiático 0, registada a @1,80 na 1xBet
Aposta Alternativa: Under 2,5 Goals, registada a @2,03 na 1xBet
Aposta Especial: Ambas as equipas não marcam, registada a @2,25 na 1xBet
Aposta Especial: Empate resultado final, registada a @3,440 na Pinnacle


OFERTA: A casa de apostas 1XBET está a OFERECER 1 magnífico BÓNUS de BOAS-VINDAS no Valor de 100€ (500 R$) para todos os seus novos clientes! Aposta nos melhores jogos com 100€ (R$500) extra na tua conta!

>>> CLICA AQUI PARA RECEBER A OFERTA DE 100€ OU 500R$ <<<

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro. Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas. Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte. Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário. O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo. Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas. Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo. Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda. Despeço-me com um forte abraço. Hélder M Queimado

Subscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Exibir todos os comentários