Marítimo vs Portimonense, Prognóstico, Analise e Apostas - Liga NOS

Marítimo vs Portimonense, Prognóstico, Analise e Apostas – Liga NOS

Ganhe Dinheiro com Futebol

Marítimo vs Portimonense  prognóstico, analise completa e sugestões de apostas para este jogo da 16ª Jornada da Estádio dos Barreiros no Funchal. Consulte Aqui a nossa previsão completa.

MARÍTIMO X PORTIMONENSE • PROGNÓSTICO E PREVISÃO • LIGA NOS

No momento em que soarem os pitons das chuteiras a bater nas lajes do túnel de acesso ao relvado dos Barreiros, na mente dos jogadores insulares estará a necessidade de pontuar. Mas será o empate suficiente? Se for impossível vencer, que consigam pelo menos garantir o ponto. O Marítimo corre, esta época, o sério risco de ser despromovido para a segunda liga.

Quanto aos algarvios, procurarão dar sequência ao bom momento em que se encontram e que teve no Benfica a sua mais recente vítima.

Os madeirenses, estão a três pontos de atingir a última posição classificativa da tabela e o Portimonense, está a dois pontos da troca de posição classificativa com o Vitória e começar a ameaçar os chamados grandes.

Uma vez que o Portimonense regressou, recentemente, ao convívio da elite do futebol nacional, o histórico de confrontos directos tende a ser reduzido, porém, permite-nos concluir que o Marítimo consegue, ou tem conseguido, superiorizar-se aos algarvios. Sucede, contudo, que a forma recente poderá contrariar esta tendência.

Ganhe Dinheiro com Futebol

Por esta altura, na época passada, o Portimonense ocupava a décima primeira posição classificativa com dezasseis pontos e o Marítimo, sentava-se no topo da tabela, na quinta posição, com vinte e sete pontos e classificado para o acesso a uma competição europeia. Esta época os papeis estão, diametralmente, invertidos.

FORMA E MOMENTUM • MARÍTIMO X PORTIMONENSE • LIGA NOS

O caldeirão dos Barreiros tem sido, ao longo dos anos, um terreno adverso para os que lá jogam, defrontando o Marítimo. E aqui incluímos o Porto, o Sporting e o Benfica, os tradicionais candidatos à vitória do campeonato que, época após época, lutam por não deixar pontos no Funchal. Porém, esta é uma realidade que não se está a reflectir esta época. Pior do que o Marítimo, a jogar em casa e diante dos seus adeptos, só o Desportivo de Chaves.

A época até começou promissora ao receberem e vencerem o Santa Clara. Vitória magra, mas as vitórias não se desdenham. Após derrota em Vila do Conde, voltaram a jogar nos Barreiros, diante do Chaves, na altura treinado pelo antigo treinador dos madeirenses, e voltaram a vencer. Embalados pelo bom arranque de campeonato, foram à Vila das Aves trocar as voltas de António Mota e venceram os actuais detentores da Taça de Portugal. Corria o segundo dia do mês de Setembro. Desde então, não mais conseguiram vencer, somando apenas dois pontos, obtidos através de dois empates.

Habituado a vencer, o presidente do Marítimo decidiu substituir Cláudio Braga que havia iniciado a época, por Armando Gonçalves Teixeira, mais conhecido pelo seu nome de guerra, Petit, que conduziu a equipa madeirense em seis jogos e somou um ponto.

Para além de não vencer (nem convencer) o Marítimo demonstra falhas no processo ofensivo. E a prova disso é a grande dificuldade que sente em concretizar as oportunidades de golo que cria. O melhor marcador da equipa, Rodrigo Pinho soma dois golos após disputar quinze jornadas e nem se coloca o caso de ter estado ausente, porque alinhou em quatorze partidas. Petit traz com ele a tendência para o under, que lhe é sobejamente, conhecida – se observarmos, nas seis partidas disputadas para o campeonato, apenas uma superou os 2,5 golos. Esta ocorrência deveu-se ao facto de o adversário ter sido o Tondela e foi potenciada pela equipa de Pepa.

Danny deixou de ser opção e a decisão peca por tardia. Amir também não será opção devendo manter-se Charles na baliza. Zainadine é dúvida para desfazer até perto do apito inicial, devido a problemas musculares, ele que a par de Bebeto e Lucas Áfrico é um dos elementos mais utilizados na equipa insular.

De Portimão vem uma equipa que se tem mostrado temerária, conduzida pelo talento de um pequeno japonês, que parece saído de uma série de animação e liderada no ataque, por um nome que dispensa grandes apresentações.

A sua época tem vindo a ser construída com base nos resultados obtidos em Portimão, de onde se destacam as vitórias sobre o Sporting (que viria a contribuir para o despedimento de José Peseiro) e Benfica (que até ver, não contribuiu para o despedimento de Rui Vitória, mas devia). Talvez o Porto venha a ter a mesma sorte.

A jogar fora do Algarve, mostram algumas dificuldades, somando cinco derrotas, compensadas com as vitórias sobre o Nacional da Madeira e mais recentemente, sobre o Feirense. Surgem nesta partida num momento, antagonicamente, oposto ao adversário, uma vez que somam três vitórias consecutivas, nove pontos angariados contra zero do Marítimo. E resulta de uma pesada derrota no Dragão, onde os homens de Folha começaram o jogo a abrir o marcador, após golo de Tormena. Mas o Porto é o Porto e a derrota saldou-se num 4-1.

António Folha gosta de afirmar, nas conferências, que todos os jogos são disputados olhos nos olhos dos adversários, independentemente, do adversário – foi assim que foram atropelados no Dragão. Shoya Nakajima é o playmaker desta equipa, é ele que cria as melhores oportunidades de golo, aquelas que normalmente são meio-golo. A jogada habitual é um ou dois dribles e o remate enquadrado, de meia-distância. O contra-ataque dos algarvios é letal, muito por força da velocidade de Nakajima e Bruno Tabata, sendo muito frequente fazerem golos explorando a descompensação das equipas adversárias. Mas, do mesmo modo que são fortes a contra-atacar, sentem dificuldades quando é o adversário que explora o seu contra-ataque, tal como sentem dificuldades para manter a posse de bola.

Shoya Nakajima não será opção para este jogo, devido a compromissos internacionais da selecção japonesa e Jackson Martínez não está, nitidamente, em plenas condições. Mas esta não é uma equipa refém destes dois elementos e existem outros jogadores que podem desequilibrar, especialmente, quando o adversário se debate com tantas dificuldades.

FACTOS & SUGESTÕES • MARÍTIMO X PORTIMONENSE • LIGA NOS

Esta é uma partida em que o anfitrião é o mais necessitado a vencer. É urgente o Marítimo inverter o ciclo actual, de derrota sobre derrota, sob pena de se atrasar na classificação e complicar as contas da manutenção. O Portimonense tem feito a sua época a jogar em Portimão, mas não é de desdenhar qualquer ponto que seja, fora de portas.

Consigo ver no Marítimo, a capacidade de dar volta à adversidade frente a um opositor como o Portimonense que, vai estar privado de utilizar o seu jogador mais talentoso.

Este é daqueles jogos em que vai sair um golo do Portimonense e minutos depois, o Marítimo empata. Com dois golos no marcador vai ser necessária a intervenção do árbitro, num penalti ou numa expulsão que possibilite o terceiro golo, motivo pelo qual me salvaguardo num over 2,25.

Considero que esta é a altura e o adversário ideal para dar uma “sapatada” na crise e como tal o handicap 0 soa como uma boa opção. Portimonense com menos capacidade de definição e concretização e um Marítimo, que se motivará nos madeirenses que estarão nas bancadas.

ACESSO À LISTA DE PROGNÓSTICOS COM ANALISES GRATUITAS

Subscreva a lista de Prognósticos Escritos e vai receber todo o conteúdo escrito e disponibilizado no site na sua caixa de email em primeira mão (apenas vamos enviar prognósticos com analises detalhadas e 100% Gratuitas).

Todos os Dados Serão Enviados Para o Email indicado Acima

AS MINHAS APOSTAS SUGERIDAS PARA O MARÍTIMO X PORTIMONENSE

Aposta Mais Segura: Over 2,25 Goals, registada a @1,862 na Pinnacle
Aposta Alternativa: Marítimo Handicap Asiático 0, registada a @1,90 na Pinnacle


OFERTA: A casa de apostas 1XBET está a OFERECER 1 magnífico BÓNUS de BOAS-VINDAS no Valor de 100€ (500 R$) para todos os seus novos clientes! Aposta nos melhores jogos com 100€ (R$500) extra na tua conta!

>>> CLICA AQUI PARA RECEBER A OFERTA DE 100€ OU 500R$ <<<

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro.Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas.Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte.Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário.O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo.Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas.Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo.Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda.Despeço-me com um forte abraço.Hélder M Queimado