Grupo H Mundial FIFA 2018 • Chegamos ao último grupo do Mundial FIFFA 2018, um grupo que à semelhança do grupo A, não tem nenhuma seleção das mais cotadas.

Grupo H Mundial FIFA 2018 • Copa do Mundo • Prognóstico

Ganhe Dinheiro com Futebol
GRUPO H MUNDIAL FIFA 2018 • COPA DO MUNDO • ANTEVISÃO

Grupo H Mundial FIFA 2018 • Chegamos ao último grupo do Mundial FIFFA 2018, um grupo que à semelhança do grupo A, não tem nenhuma seleção das mais cotadas. Aliás, à excepção do Japão, que parte no fundo da “pole position” antevê-se uma grande luta entre as restantes três seleções. Embora haja um equilíbrio mais patente entre Polónia e Colômbia, é sobre a seleção europeia que recai um ligeiro favoritismo. De facto, a prestação da Polónia no grupo E de apuramento para o mundial foi distintiva. Garantiu o 1º lugar, ficando à frente da Dinamarca, e para isso muito contribuiu ter um dos melhores avançados do mundo. Lewandowski é um finalizador nato, e venceu o título de melhor marcador com 16 golos. Mas, a Polónia foi mesmo obrigada a fazer muitos golos, uma vez que mostrou fragilidades defensivas. Essa foi a principal debilidade de uma equipa com grande dinâmica de jogo, e que em alguns jogos jogou mesmo a um nível muito elevado. Conseguirá dar continuidade a esse bom trabalho, neste mundial?

O primeiro desafio da Polónia é conseguir montar uma defesa que dê mais garantias, por forma a poder ser mais competitiva. O segundo desafio chama-se Colômbia, uma seleção que tem uma “herança” pesada, uma vez que no mundial anterior chegou aos quartos de final. Não se antevê com relativa facilidade repetir esse feito. Na qualificação já demonstrou mais dificuldades, apurando-se em 4º lugar, somando apenas mais um ponto que o Peru. Também a sua maior referência atacante, Radamel Falcao conta já com 32 anos, e é um jogador com menos folgor, e mais intermitente, tal como Carlos Bacca. Mesmo assim, a qualidade do plantel da Colômbia é de inegável valor com outros bons jogadores como Izquerdo, Cuadrado ou Ospina. Tal como a Polónia, também a Colômbia tem a defesa como setor mais frágil.

O Senegal surge logo atrás de Polónia e Colômbia, mas atenção poderá ser uma das surpresas do mundial, veja porquê. A seleção africana passou no primeiro teste de fogo, qualificar-se num grupo forte. Com a sempre competitiva África do Sul, e Burkina Fase, treinada de forma excelente por Paulo Duarte, e ainda com Cabo Verde. A missão do Senegal não era nada fácil. No entanto, não só conseguiu o primeiro lugar, como foi a equipa com o melhor ataque, juntamente com Burkina Faso, e ainda a melhor defesa. Muito desse sucesso se deve à grande qualidade no setor ofensivo. Além de Sadio Mané, uma das figuras do ataque do Liverpool, junta-se Keita Baldé (Mónaco) e o trio fica completo com Niang (Torino). Um ataque poderoso, que tem ainda como alternativas Sow, Diouf ou Sakho. Mas, a qualidade é transversal a todos os setores. No meio campo dois médios de confiança, fortes na recuperação, Idrissa Gueye (Everton) e ainda Kouyaté (West Ham). No setor defensivo Koulibaly (Nápoles) é um dos melhores defesa centrais da atualidade. Também Salif Sané impressiona pelo seu poder físico, o central do Hannover. Tudo isto somado faz do Senegal uma equipa a ter em conta neste mundial.

E para fechar o grupo uma das mais prestigiadas seleções asiáticas. O Japão é já um tradicional participante nestas fases finais, mas nos últimos tempos tem dado uma pálida imagem. Ao longo dos anos habituou-nos a ser uma equipa alegre, com bons executantes, do ponto de vista técnico, e quase sempre uma seleção organizada e coesa defensivamente. Predicados que parecem faltar neste momento. Garantir o primeiro lugar no seu grupo de qualificação era quase obrigatório, num grupo com Austrália, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Iraque e Tailândia. No entanto desde logo se percebeu que não era aquele Japão sólido e de qualidade superior, face à concorrência. Isso mesmo se comprovou agora nos jogos particulares, onde o nível subiu em flecha. O empate em casa com o Mali foi o único jogo em que não perdeu. Os desaires aconteceram frente à Ucrânia, Gana e Suíça. Pelo pouco que tem mostrado, este Japão dificilmente fugirá ao lugar da cauda do grupo H.

PONTOS CHAVE • MUNDIAL FIFA 2018 • COPA DO MUNDO • GRUPO H
      • Começamos mesmo pelo Japão. Os nipónicos realizaram 5 jogos de preparação. O empate (1-1) com o Mali foi o único jogo em que não perderam. De resto (1-2) com Ucrânia, e (0-2) com Gana e (2-0) com Suíça.
      • Honda e Kagawa são as maiores estrelas do Japão. Uma seleção que alterou a sua forma de jogar, habitualmente em posse, e que agora joga em transições. Com isso, jogadores criativos como Kagawa, Honda, ou mesmo Okazaki perder muito da influência, e o jogo dos nipónicos ressente-se.
      • Já o Senegal montou uma equipa para que Mané e Baldé possam ser protagonistas. Ao contrário do Japão, o Senegal não tem tanto talento em jogadores a organizar o jogo, e por isso prefere ataques rápidos explorando a velocidade dos dois jogadores referidos. Sustentados num meio campo de combate e uma defesa sólida, o Senegal poderá surpreender.
      • Nos 5 jogos de preparação apenas uma derrota contra a Croácia. No entanto atenda-se que essa foi mesmo a seleção mais forte que defrontou. Os restantes jogos foi com Luxemburgo, Bósnia, Uzbequistão e Coreia do Sul.
      • A Colômbia pretende repetir os quartos de final do mundial 2014. A base é a mesma, quer a nível dos principais jogadores, tal como o treinador. James Rodríguez; Cuadrado; e Falcao são os jogadores em quem os Colombianos depositam mais esperanças. No entanto, face à seleção de 2014, a dupla que tanto sucesso fez, composta por Jackson Martinez e Teo Gutiérrez já não está presente. Falcao já tem 32 anos e embora mantenha um instinto pelo golo, já é um jogador mais intermitente, tal como Carlos Bacca.
      • A Polónia tem sido uma seleção mais homogénea, que funciona melhor como equipa. Adam Nawalka montou uma equipa robusta, com grande dinâmica ofensiva, que venceu 8 dos 10 jogos na fase de qualificação. Têm Lewandowski que com 16 golos liderou a lista de melhores marcadores. É hoje, para muitos o melhor ponta de lança da atualidade, atendendo que Cristiano Ronaldo é um jogador adaptado a essa posição.
      • No entanto, essa forte dinâmica ofensiva, em alguns jogos quase asfixiante, para os seus adversários, tem os seus custos. A Polónia concedeu 14 golos, o que é uma média elevada para os 10 jogos realizados. Mais 4 golos que a segunda defesa mais batida (a Sérvia), entre os líderes de cada grupo.
O NOSSO PROGNÓSTICO MUNDIAL FIFA 2018 • COPA DO MUNDO • GRUPO H

Já o indiquei, na minha leitura, há uma seleção que se destaca por ser o elo mais fraco, o Japão. Com odds de 1.69 para o Japão ficar em último, parece-me de valor para aposta certa. Depois, a dificuldade está em antecipar quem se qualifica para a próxima fase, e sobretudo quem fica no 3º lugar. Entre as restantes 3 seleções, a Polónia é aquela que tem mostrado maior consistência de jogo, mesmo com uma defesa mais frágil. No entanto, a defesa Colombiana não dá mais garantias. A verdadeira surpresa poderá ser o Senegal, quer pela sua qualidade, quer mesmo pelos desempenhos que tem tido. Por isso, e vendo a Polónia ligeiramente favorita face a Senegal e Colômbia. Por isso, mesmo reconhecendo que a aposta na Polónia para se qualificar, tem também uma alta probabilidade de se verificar, prefiro arriscar que vence o grupo a 2.75. Entre ela e Colômbia, uma deverá ser primeira do grupo. Como atribuo praticamente 50/50 de probabilidades, no confronto entre Colômbia e Polónia, vejo imenso valor na cotação a favor da seleção europeia. Polónia vence o grupo H.

Ganhe Dinheiro com Futebol

 

AS NOSSAS APOSTAS SUGERIDAS PARA O MUNDIAL FIFA 2018 GRUPO H

Aposta Prudente: Japão termina o grupo H na 4ª posição , registada a @1,69 na 1XBET

Aposta Especial: Polónia vence o grupo H , registada a @2.75 na 1XBET

>>>>Acesso Direto ao Mercado Deste Grupo Clica Aqui

Analise Grupo A Clica Aqui

Analise Grupo B Clica Aqui

Analise Grupo C Clica Aqui

Analise Grupo D Clica Aqui

Analise Grupo E Clica Aqui

Analise Grupo F Clica Aqui

Analise Grupo G Clica Aqui

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Duarte Pinto

O meu nome é Duarte Pinto, sou apostador e consultor, no ramo das apostas desportivas. O meu primeiro contacto com as apostas foi no ano 2004, na altura com o totobola, algo que comecei a fazer por brincadeira. No entanto, a taxa de acerto, e alguns segundos prémios, levaram-me a partilhar o registo dos boletins num grupo de amigos. Amigos esses que me falaram das apostas desportivas online. Fiquei desde logo apaixonado por esse mundo, e procurei o máximo de informação possível, em fórums, livros, vídeos, e até amigos com mais experiência! Dois anos mais tarde, em 2006 iniciei a minha experiência como apostador, na altura na Bwin, nos jogos da Liga dos Campeões. Fazia-o de forma pontual, mas com ambição de poder crescer e evoluir enquanto apostador. Mais tarde experimentei a Bet365 e também a Betfair.O conhecimento e a experiência acumulada, bem como a contínua formação nesta área levou-me a considerar, cada vez mais, esta atividade como algo lucrativo e de longo prazo. Hoje continuo como apostador, mas também a colaborar em alguns projetos, nomeadamente na edição de artigos, prognósticos e revisões sobre casas de apostas, trabalho que desenvolvo para alguns dos maiores sites de prognósticos online! Nas apostas procuramos o valor, algo que não é fácil de encontrar. Por isso partilho convosco o meu conhecimento e experiência, nestas ligas que acompanho há alguns anos! Assim, espero também acrescentar valor às vossas análises, sendo mais uma ferramenta útil no vosso estudo de apostas desportivas!

Deixe o seu comentário aqui, obrigado!