Guimarães vs Benfica, Prognóstico, Analise e Apostas - Taça de Portugal

Guimarães vs Benfica, Prognóstico, Analise e Apostas – Taça de Portugal

Ganhe Dinheiro com Futebol

Guimarães vs Benfica  prognóstico, analise completa e sugestões de apostas para este jogo dos quartos-de-final da Taça de Portugal no Estádio Dom Afonso Henriques em Guimarães. Consulte Aqui a nossa previsão completa.

GUIMARÃES VS BENFICA • PROGNÓSTICO E PREVISÃO • TAÇA DE PORTUGAL

O Guimarães e o Benfica irão defrontar-se para a Taça de Portugal, no Dom Afonso Henriques, naquele que será o primeiro de dois jogos consecutivos entre estas duas equipas, já que três dias depois deste jogo, haverá lugar a um novo jogo, desta feita a contar para o campeonato e com três pontos em jogo.

Nesta ocasião disputa-se o acesso às meias-finais da prova rainha, a Taça de Portugal e aqui interessa apenas vencer. Somente vencendo poderá, uma destas equipas passar à fase seguinte e almejar a presença na mítica final do Jamor.

Luís Castro tem aqui uma montra muito interessante para mostrar o seu bom trabalho e eliminar o Benfica pode ser um marco importante, ainda que seja um Benfica ferido e em processo de regeneração. Bruno Lage tem aqui mais um teste de fogo à sua permanência e logo perante um adversário tão relevante e que pode ser muito incómodo.

Importa reter que nas últimas dez partidas em comum, o Benfica venceu todas, para o campeonato, para a Taça da Liga e para a Taça de Portugal. Aliás, a final da Taça de Portugal, edição 2016/2017 teve estes dois intervenientes e acabaria por ser vencida pelo Benfica.

Ganhe Dinheiro com Futebol
FORMA E MOMENTUM • GUIMARÃES VS BENFICA • TAÇA DE PORTUGAL

A cidade berço tem assistido ao crescimento de um Vitória que se tem vindo a solidificar jogo após jogo, sob o comando de Luís Castro.

Após um arranque de época em falso, o Vitória viria a ter uma série de doze jogos sem qualquer derrota, período no qual conseguiram superar por exemplo o Braga e o Sporting, apenas para citar os mais relevantes. Tal marca diz muito sobre o trabalho que tem estado a ser feito por Luís Castro e a sua equipa, em Guimarães – tanto que o seu nome continua, insistentemente, a ser apontado ao Benfica, após a saída de Rui Vitória.

Até esta partida, dos quartos-de-final da Taça de Portugal, os vimaranenses somam onze vitórias, cinco empates e seis derrotas a contar para todas as provas. Sublinhar a tendência desta equipa para terminar as suas partidas com poucos golos no marcador e muito frequentemente, sem sequer sofrer golos.

O sucesso defensivo desta equipa deve muito ao seu guarda-redes Douglas, bem como à linha defensiva que o protege. Na esquerda Rafa Soares, uma aquisição de peso oriunda do Porto. O capitão Pedrão, forma uma dupla praticamente intransponível com Osorio, também ele ligado ao Porto e na direita, o regressado Sacko. Wakaso é o responsável por conter os avanços adversários e a ele pertence a primeira tentativa de destruição das jogadas ofensivas. Tozé tem estado em grande destaque e tem formado dupla no meio-campo com Pêpê, consequência da lesão contraída por André André. Ainda assim, salientar que a equipa não perdeu, estruturalmente, com esta troca forçada. Davidson tem sido o extremo a quem Luís Castro tem confiado a ala esquerda e na ala direita o eleito tem sido Ola John. Alexandre Guedes tem sido o homem mais adiantado desta equipa, mas nem por isso o melhor marcador.

Luís Castro é um treinador de grande elevação e enorme cultura. Conhece como ninguém o nosso campeonato e seus participantes. As suas equipas apresentam sempre princípios estruturais de bom futebol, com jogadas construídas de fio a pavio, mostrando o tal futebol positivo tão na berra. Foi assim no Rio Ave, viria a ser assim no Chaves e está a ser assim, no Vitória. Não abdica da eficácia defensiva, pois ao não sofrer golos, está a meio caminho de pontuar e isso é algo que tem sido frequente esta época, como já referido. Muito do jogo ofensivo do Vitória passa pelos pés de Davidson que, para além de assistir também marca golos. É frequente vermos os jogadores vimaranenses a jogarem à vontade no meio-campo adversário, trocando a bola com passes curtos, procurando dar sempre largura e fazer fluir o jogo pelas alas.

O Benfica está a sarar as feridas que foram reabertas com a saída de Rui Vitória. Independentemente, da culpa ser do treinador, da direcção ou do plantel, o facto é que já se passaram duas partidas sob a liderança de Bruno Lage e foram duas vitórias. A primeira vítima do Benfica, de Lage, foi o Rio Ave que a estrear treinador, assustou a Luz ao colocar-se em vantagem no marcador e ao garantir um empate ao intervalo. Mas tudo fica bem quando acaba bem e o Benfica viria a vencer, com claros 4-2. De seguida e nos Açores, as águias continentais acabariam por vencer as águias insulares. Esta segunda vitória acalmou o tumulto e fez poisar muito do pó que girava em torno do treinador interino que, já se sabe, vai ser opção até ao final da época.

A maior novidade que Bruno Lage ousou trazer para a organização da equipa, foi tirar o “menino” João Félix da ala esquerda, por onde andava perdido e colocá-lo a jogar em terrenos mais interiores e nas costas de Seferovic. Para começar, esta dupla tem-se revelado, perfeitamente, telepática com os dois jogadores, português e suíço a combinarem perfeitamente. Depois, assumir que o talento de João Félix, tem de estar onde melhor se desenvolve e tudo aquilo que a nação benfiquista perspectiva para o “miúdo”, todo aquele perfume que ele traz ao jogo, assenta melhor em terrenos onde nos habituamos a nomes mágicos do Benfica, como Rui Costa ou Pablo Aimar. Os criativos têm de ter liberdade para criar, o talento não pode estar agrilhoado e essa batalha, Bruno Lage já venceu, ao ter tido a coragem de colocar um jovem de 19 anos a jogar livre e solto. Os mais velhos lembrar-se-ão de, na década de 90 do século XX, Sven-Göran Eriksson ter ousado lançar um miúdo desgrenhado chamado Rui Costa e sobre quem muito se escreveu, pois, a sua carreira precede-o. Quem sabe se não estará aqui uma das próximas bolas de ouro?

Em tudo o resto, Lage não revolucionou nada. A baliza continua muito bem entregue a Vlachodimos. Na defesa, Grimaldo continua à esquerda e André Almeida à direita. O centro da defesa continua entregue ao capitão Jardel e ao jovem Ruben Dias. Fejsa continua a ser o médio mais defensivo, tendo por companheiro Pizzi ou Gabriel, já que Lage optou por um e outro, mas frente ao Vitória deverá optar por Pizzi, dado dar mais garantias. Nas alas tem optado por Cervi e Zivkovic, devendo levar Cervi a jogo e na direita, Toto Salvio.

FACTOS & SUGESTÕES • GUIMARÃES VS BENFICA • TAÇA DE PORTUGAL

Qualquer uma das duas equipas tudo fará para se sagrar vencedora, uma vez que desta partida sairá um dos semi-finalistas da Taça de Portugal. São dois clubes com tradição na prova rainha, com maior predominância para as águias, mas não nos podemos esquecer que em Guimarães reside uma Taça de Portugal.

Não deverá haver lugar a qualquer tipo de poupança porque o jogo seguinte será a repetição deste, mas a contar para o campeonato e aí sim, poderá haver alguma preocupação, sobretudo, do Benfica que irá defrontar o Porto, para a Taça da Liga.

Dizer com isto que o must win está empatado, para cada um dos lados.

Tradicionalmente, podemos dizer que a vitória é muito mais provável sair ao Benfica do que ao Guimarães, mas este Vitória já mostrou ser sério e entrar no jogo para o vencer. Lembrar que o jogo na Luz, há uns meses, foi vencido pelo Benfica, mas tivesse mais uma parte e os homens de Luís Castro davam a volta ao resultado, como fizeram no Dragão. Como tal, não compro a linha que está a ser oferecida para o handicap asiático, 0,75. Não são duas equipas tão desiguais que me faça prever um resultado assim tão desnivelado. Por outro lado, a nível de golos está a ser seguida a tendência que proponho. O mercado já fez descer a principal linha de golos de 2,5 para 2,25.

ACESSO À LISTA DE PROGNÓSTICOS COM ANALISES GRATUITAS

Subscreva a lista de Prognósticos Escritos e vai receber todo o conteúdo escrito e disponibilizado no site na sua caixa de email em primeira mão (apenas vamos enviar prognósticos com analises detalhadas e 100% Gratuitas).

Todos os Dados Serão Enviados Para o Email indicado Acima

AS MINHAS APOSTAS SUGERIDAS PARA O GUIMARÃES VS BENFICA

Aposta Mais Segura: Under 2,5 Goals, registada a @1,74 na 1xBet
Aposta Alternativa: Benfica Handicap Asiático -0,25 HT, registada a @1,81 na 1xBet


OFERTA: A casa de apostas 1XBET está a OFERECER 1 magnífico BÓNUS de BOAS-VINDAS no Valor de 100€ (500 R$) para todos os seus novos clientes! Aposta nos melhores jogos com 100€ (R$500) extra na tua conta!

>>> CLICA AQUI PARA RECEBER A OFERTA DE 100€ OU 500R$ <<<

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro.Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas.Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte.Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário.O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo.Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas.Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo.Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda.Despeço-me com um forte abraço.Hélder M Queimado

Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
  Subscrever  
Notificação de