A Vantagem do Fator Casa nas Apostas Desportivas - Guia do Apostador

A Vantagem do Factor Casa nas Apostas Desportivas – Guia do Apostador

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

Ganhe Dinheiro com Futebol

Oportunamente trouxemos um artigo onde mencionamos alguns dos factores a considerar para realizar uma análise de uma partida de futebol. Para além do que, em diversos artigos focamos a importância de apostar com valor e de que, para chegar a este valor esperado positivo é necessário precificar o evento. Sem entrar em detalhe (imediato) sobre a precificação, resumir afirmando que uma boa precificação baseia-se na avaliação de diversos pesos para alguns factores que o apostador pode considerar relevantes.

Exemplificando, o meu método de análise e precificação dá grande ênfase e atribui um peso considerável à dimensão psicológica do evento e sobretudo ao momento que os indivíduos e o colectivo atravessam.

Outro factor que é grandemente considerado e valorizado, assim como reconhecido, é o factor casa.

Algumas equipas apresentam um comportamento díspar quando jogam em casa face ao que apresentam quando jogam fora. Isto é algo que sucede devido à conjugação de vários factores e que, conjugados, tornam-se numa vantagem para a equipa anfitriã.

Vamos conhecer alguns!

Ganhe Dinheiro com Futebol

Arbitragem

Existem algumas evidências em como as decisões da equipa de arbitragem podem favorecer a equipa anfitriã. Estas evidências tornaram-se vincadas a partir do momento em que muitas ligas de futebol começaram a adoptar o VAR.

Os penaltis são o melhor exemplo, porque apesar de ser um evento raro, a introdução do VAR veio mostrar que se marcavam mais penaltis a favor da equipa da casa do que da equipa visitante.

Adeptos e familiaridade

Jogar no seu estádio, diante dos seus adeptos, com o apoio de milhares de apoiantes, pisando um tapete habitual são dois factores que podem contribuir para a vantagem de jogar em casa.

Deslocações

Parece ser óbvio que a equipa que tem de se deslocar para visitar o adversário parte em desvantagem pelo simples facto de ter tido a necessidade de viajar. E esta desvantagem tende a crescer à razão da distância percorrida. Porém, esta teoria tem vindo a perder terreno em sede de estudos recentemente realizados e que dão mostras de que, nos dias de hoje, esta desvantagem é praticamente anulada.

Estes são alguns dos factores que podem influenciar, mas que não se esgotam aqui.

A vantagem de jogar em casa é maior ou menor, consoante a liga de futebol em que este factor é considerado. Isto porque cada equipa defronta os adversários em sua casa e em casa alheia. Para o avaliar comecemos por analisar a diferença média de golos conseguida por cada equipa a jogar em casa, isto porque este dado espelhará, com maior precisão qualquer vantagem potencial face à análise simples dos resultados obtidos na partida.

Vejamos o caso do Manchester City que goleou o Huddersfield por oito a um no Etihad e fora venceu somente por um a zero. No fundo estamos perante duas vitórias, todavia, os resultados foram bastante diferentes o que nos mostra que o Huddersfield a jogar em casa goza de uma vantagem adicional.

O factor casa, ou a vantagem de a equipa jogar em sua casa não constitui qualquer segredo para os apostadores, que o consideram mais ou menos, todavia, estará em linha com a oferta das casas de apostas? Por norma sim, o mercado também reconhece vantagem no factor casa valorizando mais ou menos, por exemplo, na La Liga de Espanha, as casas de apostas valorizam mais este factor do que na Premier League onde as probabilidades são menos desniveladas.

E esta vantagem também se pode aplicar a outros desportos?

Sim, na realidade há dados que apontam para uma vantagem ainda mais vincada nos principais desportos estadunidense, especialmente, pelo facto de se remover o empate como resultado possível. Na NBA, por exemplo, é um tema muito discutido, com as equipas que jogam em casa a ser mais dominantes do que os adversários. O mesmo sucede para a NFL, mas numa dimensão diferente dado que a amostragem é inferior.

Deve o apostador confiar cegamente na vantagem do factor casa?

Nunca. Um apostador nunca deve confiar em nada de olhos fechados.

Uma das coisas que me choca é a leviandade com que alguns tipsters encontram uma técnica que lhes permite avaliar pela mesma bitola 60 ou 80 jogos, porque se enquadram num determinado padrão.

Cada jogo é um jogo. Não há eventos iguais. Podem existir semelhanças na abordagem e aqui ou ali, estas semelhanças podem resultar da mesma forma, porém, para avaliar e decidir convenientemente de acordo com a oferta do mercado, o apostador deve observar e estudar cada evento isoladamente e sem “contaminações”.

Afinal, o Barcelona não vai ganhar sempre que jogar em Camp Nou.

Um bem haja!

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro. Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas. Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte. Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário. O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo. Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas. Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo. Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda. Despeço-me com um forte abraço. Hélder M Queimado

Subscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Exibir todos os comentários