A Importância de Justificar as Apostas (os 3 porquês) - Guia do Apostador

A Importância de Justificar as Apostas (os 3 porquês) – Guia do Apostador

Ganhe Dinheiro com Futebol

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

Há alguns anos, quando me iniciei nas apostas, conhecia tão pouco que no meu primeiro dia “derreti” €10,00 em apostas ridículas, do campeonato da Arábia Saudita e em jogos amigáveis. Dá-me uma certa nostalgia, pensar na inocência e na ignorância daquela época e até, um pouco de orgulho,porque foram os meus erros que me ensinaram, da forma mais dolorosa e me formaram como apostador que sou hoje.

No início da minha carreira e como tantos apostadores principiantes lusófonos, o meu “farol”, o meu modelo e a minha inspiração foi e não há que esconder, o Paulo Rebelo. Claro que o glamour que emanava do Paulo Rebelo, com o seu Ferrari Testarossa, o portátil na esplanada e a possibilidade de ganhar dinheiro em qualquer lado e a ver futebol pesaram muito.

Muita da didática que consumi, naquela altura e cuja autoria era do Paulo Rebelo faziam muito pouco sentido para mim, que ansiava por ganhar dinheiro de uma forma que julgava simples. Eu via e ouvia os vídeos, mas não escutava, nem prestava atenção suficiente à mensagem.

E uma das regras básicas que acabei por aprender de forma dolorosa, foi a de que é mandatório justificar toda e qualquer aposta feita. Hoje a esta distância, depois de ter consumido horas de conteúdos, páginas de diversos livros, publicações de inúmeros websites, reconheço que é a base de qualquer aposta e para qualquer apostador, seja ele Punter ou Trader. E é precisamente o que todos os apostadores com maior experiência fazem questão de partilhar.

Ganhe Dinheiro com Futebol

Naquela altura, não compreendia o que era isto de justificar a aposta. O Real Madrid recebia o Valencia no Santiago Bernabéu e eu apostava que o Real Madrid venceria o Valencia, porque é o Real Madrid e porque joga em casa. Esta era a minha justificação.

Sem querer generalizar, quando um Punter justifica a sua aposta, fá-lo numa perspectiva analítica, após ter observado e analisado diversas dimensões da partida, respeitando uma estrutura de vários pontos que o obrigam a ceder alguma atenção a diversos factores com maior ou menor relevância na previsão e sobretudo, na precificação do evento. E no final, depois de todos os factos terem sido devidamente apurados, justificar a aposta é apenas a conclusão do processo. Isto é algo que sai naturalmente, com a experiência e após ter repetido o processo inúmeras vezes, aperfeiçoando-o.

E porque é tão importante justificar uma aposta?

É importante porque permite, em primeiro lugar, auxiliar a tomada de decisão sobre se uma aposta deve ou não ser feita. Depois, porque permite aumentar factualmente a confiança na opção que se está a seleccionar. Mas mais importante do que tudo isto, permite identificar erros, ou se quisermos, identificar os indutores do erro que, há medida que vamos amadurecendo, nos vai ajudando a melhorar nas nossas decisões e a aumentar o nosso nível de acerto.

Como justificar uma aposta?

Como em tudo nas apostas, não há um padrão. Cada apostador desenvolve a sua própria metodologia, ainda que ela possa ter sido importada ou adoptada de outro apostador, acabará sempre por sofrer uma qualquer mutação que lha dá o caracter próprio do apostador.

O meu processo, é suportado na regra dos porquês – exactamente, baseado nos porquês infantis – e nunca com menos de três porquês.

Algo como:

O Benfica é o favorito à vitória porque a jogar no seu estádio e nos últimos três anos, foi derrotado em apenas três ocasiões.

É favorito a vencer porque nos últimos dez jogos disputados para todas as provas em que está envolvido venceu nove.

O Benfica é favorito a vencer porque conta com um plantel bastante mais desanuviado no que respeita a lesões e castigos e pode apresentar um onze, significativamente melhor e com maior qualidade do que o adversário nesta partida.

Mapear e concretizar os motivos que me levam a apostar na vitória do Benfica e permitem-me, depois do jogo fazer o devido balanço. Ou seja, eu ganhei esta aposta porque o Benfica a jogar em casa, de facto é muito forte e não tem adversário à altura, no Estádio da Luz. Eu ganhei a aposta porque o Benfica manteve o ritmo das últimas jornadas e porque alinhou com um onze muito forte, mais forte do que o do adversário.

Mas é sobretudo para as perdas que a justificação da aposta é mais importante. Porque após o jogo eu devo pegar na minha análise e justificação e compreender que perdi a aposta porque considerei que o Benfica a jogar em casa perdeu apenas três jogos nos últimos três anos, mas desses, um foi precisamente com este adversário. Ou que, após uma série longa de vitórias, o cansaço dos jogadores se havia manifestado no jogo anterior e deveria ter sido um sinal de alerta para alguma cautela nesta partida. Ou ainda, que o plantel do Benfica está muito melhor, mas animicamente e após um resultado negativo, seria difícil os jogadores discutirem os lances com a alegria habitual.

Graças a muitos apostadores, amadores e profissionais, com que me cruzei nos fóruns, nas comunidades, em vídeos que vi (e que ainda hoje revejo), nos livros que li (e que continuo a ler), nos artigos publicados em websites e em blogs, fui melhorando as minhas análises ano após ano e fui dedicando mais e mais atenção às justificações, compreendendo e sentindo a cada aposta a sua importância.

A todos, o meu especial e particular agradecimento.

A si, querido leitor que nos segue atentamente, um agradecimento muito especial e já sabe, nunca se esqueça de justificar as suas apostas com pelo menos três porquês. Se não encontrar os três, não aposte o seu dinheiro, aposte apenas no papel e avalie depois o resultado, face aos argumentos que elencou.

Um bem haja!

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro.Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas.Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte.Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário.O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo.Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas.Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo.Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda.Despeço-me com um forte abraço.Hélder M Queimado

Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
  Subscrever  
Notificação de