Os Bots a Ascensão no Mundo das Apostas Desportivas - Guia do Apostador

Os Bots a Ascensão no Mundo das Apostas Desportivas – Guia do Apostador

Ganhe Dinheiro com Futebol

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

Neste artigo voltamos à temática dos Bots nas apostas desportivas.

O interesse demonstrado pelos nossos leitores foi elevado e quer queiramos ou não, o futuro das apostas desportivas vai ser feito de Bots.

Quando entramos no século XXI, a tecnologia começou a ganhar mais e mais predominância no nosso quotidiano. E quando me refiro a tecnologia falo por exemplo de aspiradores que dispensam a condução de um ser humano, falo de frigoríficos que fazem inventários e criam listas de compras, de automóveis que se movem sem que um humano o dirija e falo de sistemas computacionais cada vez mais complexos, eficazes e velozes.

Haverá entre os nossos leitores quem se recorde dos saudosos Spectrum? Ou alguém que tenha tido um Commodore Amiga? Pois bem, consegue estabelecer um paralelo para o seu computador actual?

E esta evolução que se faz a uma velocidade cada vez mais elevada impacta em todas as dimensões da nossa vida e em todos os sectores da sociedade moderna.

No que respeita aos Bots nas apostas desportivas, a primeira memória que me vem à cabeça data de 2012, em forma de posts no website da Academia das Apostas. Isto porque, nesta altura havia quem olhasse de forma séria para o tema, apesar da maioria ter continuado adormecida.

Os Bots no Trading

Naquela altura, a discussão ganhava relevância no seio da comunidade Trader e os primeiros Bots foram criados a pensar no Trading. Não é por acaso que se os nossos queridos leitores googalizarem o termo, se depararão com vários fornecedores de Bots para a Betfair (que é a maior bolsa desportiva do mundo e o parceiro ideal dos Traders desportivos. Prática que acabou por perder notoriedade em Portugal após a regulamentação das apostas desportivas).

A criação de Bots para Trading surgiu, no meu entendimento, como uma evolução natural da própria actividade em si, devido aos diversos perfis de Trader. Uns preferem uma exposição mais prolongada no mercado, procurando o lucro na movimentação das odds em vários ticks, outros, preferem estar expostos o menor tempo possível e por isso, procuram lucrar na mínima variação da odd, abrindo e fechando posições, repetidamente e ao longo de toda a partida.

Como referido no nosso artigo anterior (clique aqui para ler), os Bots foram pensados para completar e substituir a tarefa de colocar as ordens na bolsa. Foram, igualmente, pensados para analisar dezenas, centenas, milhares de jogos em instantes e identificar padrões semelhantes aos que foram configurados para colocar ordens automatizadas.

A vantagem, como referimos no nosso artigo anterior é a de minimizar o erro humano e sobretudo, eliminar o factor emocional das operações.

Mas não me vou alongar muito sobre o tema porque a minha corrente não é o Trading e pese embora tenha alguns conhecimentos, não passo de um perfeito ignorante no que a Trading diz respeito.

Os Bots Punter

A natureza da actividade Punter invalida a utilização dos automatismos criados para os Traders e para a Betfair, mas os Bots para Punting também começam a ganhar a notoriedade.

Para o Punter a principal função do Bot é identificar jogos que se enquadrem nos parâmetros predefinidos, lançar o alerta, para o apostador colocar a sua ordem. Também já existem Bots que colocam as apostas pelo apostador Punter, ou seja, comparam as diversas partidas em live, procurando jogos que se enquadrem na sua configuração e sempre que há uma coincidência, o Bot coloca a aposta pelo humano (se estiver claro, configurado para tal).

Uma das soluções para os Punters é uma plataforma/rede social de tipsters que permite:

  • A colocação automática de apostas para as picks que recebe dos tipsters que segue;
  • Distribuição e verificação de picks se for um tipster;
  • Colocação manual ou programada de apostas em tempo inferior ao que o humano demora – devido ao scroll do rato, à necessidade de procurar o evento, etc., a automatização da plataforma reduz esta demora ao minimo indispensável;
  • Interagir com outros apostadores e tipsters, em forma de rede social – imagine um Facebook de tipsters.

O exemplo que aqui vos trago é o Smartbet.io. Abrir aqui um parêntese recto para afirmar que não sou utilizador desta plataforma, por consequência, não estou posicionado para dar uma opinião avalizada, todavia, não me impede de partilhar com os nossos leitores o meu conhecimento.  

A utilização desta plataforma tem custos, claro! Existem taxas cobradas por cada aposta colocada e o valor difere caso se trate de uma aposta manual ou automatizada (também os Bots para os traders são pagos, mas neste caso é o produto e o suporte funcional que têm custo).

Outra particularidade desta plataforma é a possibilidade de permitir ao utilizador direccionar os e-mails que recebe dos seus tipsters para a plataforma que automatiza a colocação da aposta.

Para além disso, se o nosso leitor persegue uma carreira de tipster, esta plataforma até pode ser um palco interessante, uma vez que lhe permite publicar as tips ao mesmo tempo que as regista e verifica. Isto é de grande utilidade pois um tipster deve preocupar-se em registar as suas tips, mas acima de tudo em garantir a sua verificação, pois doutra forma, não será melhor do que tantos que vendem promessas pelas redes sociais com um registo em excel.

A utilização do Bot disponibilizado pela Smartbet.io está sujeita a algumas condicionantes técnicas que devem ser observadas pelos utilizadores antes da “compra”.

Os Bots nas tips

Mas não é só nas apostas propriamente ditas que os Bots têm ganho o seu espaço. Também o mercado de previsões está a ser “invadido” por Bots.

Aqui a vantagem é clara, um Bot pode estar a analisar, ininterruptamente, bases de dados sem se cansar, aplicando-lhe uma série de regras preditivas, para determinar um prognóstico que será sempre estatístico. Nunca é demais recordar que há competências que apenas o humano domina e nas apostas desportivas é a compreensão dos dados subjectivos, aquelas noticias que recolhemos, compilamos e interpretamos de acordo com o nosso conhecimento e experiência pessoal.

Vários Bots a varrerem imensas bases de dados, geram ainda mais prognósticos e maior precisão.

Neste caso em particular, partilho com os nossos queridos leitores um destes Bots que dá pelo nome de Betbot (betbot.soccer) e que apresenta prognósticos de uma forma não muito amigável, devo confessar. Para além disso, não é uma ferramenta que utilize no meu dia-a-dia, logo não sei precisar se é ou não apurado, mas fica a sugestão para os nossos leitores, caso queiram fazer esse teste.

Os Bots e a segurança na sua utilização

A automatização da nossa vida e da nossa actividade deve gerar preocupações, especialmente, no que à segurança diz respeito. Se é importante escolhermos uma boa casa de apostas, porque nela vamos confiar o nosso dinheiro, não pode ser menos importante a escolha e selecção do Bot ou da solução automatizada que queremos adquirir, porque vamos estar a permitir o acesso à utilização da nossa banca e do nosso dinheiro, e quando não se trabalha com marcas de confiança, é fácil ser vitima de abusos.

Um bem haja!

Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro. Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas. Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte. Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário. O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo. Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas. Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo. Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda. Despeço-me com um forte abraço. Hélder M Queimado

Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
  Subscrever  
Notificação de