Será que é possível viver exclusivamente de apostas desportivas?

Como Viver, Exclusivamente, de Apostas Desportivas? Guia do Apostador

Ganhe Dinheiro com Futebol

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

Será que é possível viver exclusivamente de apostas desportivas?

Poderá a indústria das apostas desportivas constituir uma saída profissional para quem está a chegar agora ou para quem está numa fase embrionária do seu trajecto?

A resposta a estas questões poderá ser: talvez e depende. Não há nenhuma certeza quanto a este tema, nem pode haver, porque vai sempre depender do indivíduo.

Podemos estar a falar, genericamente, de um/a apostador/a que depois de seis meses de estudo e prática já está a colher os frutos da consistência, ou de um/a outro/a que depois de dois anos a bater com a cabeça, continua even com as casas de apostas.

Ganhe Dinheiro com Futebol

O que pode ser afirmado com sinceridade é que ninguém, no seu perfeito juízo, deve objectivar as apostas desportivas como principal fonte de rendimento no curto prazo. Ou seja, o que quero aqui dizer é que é demasiado precipitado, aos primeiros resultados positivos, considerar a possibilidade de largar a escola, de largar o emprego para viver de apostas desportivas.

O caminho correcto deve obedecer a vários estágios em que o lucro proveniente das apostas desportivas pode ser encarado como um rendimento extraordinário e complementar, criando alguma folga financeira para mais à frente, se poder tomar a decisão de viver em exclusivo de apostas desportivas.

É normal no início ganhar pouco, porque a banca também é pequena, mas esse pouco lucro dos primeiros estágios pode ser importante para investir em equipamento ou infraestrutura para que o/a apostador/a desportivo se dedique melhor e com mais qualidade às apostas desportivas. Ou, por outro lado, pode ser o montante ideal para auxiliar a pagar algumas contas e aliviar o orçamento familiar, permitindo aquele fim-de-semana em família que tem faltado há alguns meses, ou aquela ida ao cinema com a namorada/o.

Após algum tempo chegará o momento em que o rendimento proveniente das apostas desportivas supera (em média) o rendimento proveniente da profissão formal. Quando esta realidade perdurar ao longo de vários meses, é sinal de que o/a apostador/a desportivo está pronto e se assim o entender, pode tomar a decisão de começar a viver exclusivamente das apostas desportivas.

A pior decisão que um/a apostador/a desportivo pode tomar é a de, sem qualquer fonte de rendimento regular, lançar-se de cabeça no mercado, contando que o valor que investiu na banca, vá trabalhar para si. Existem, nas comunidades de apostas, diversos relatos de apostadores que depois de se verem demitidos, ou de os seus contratos laborais terem expirado, pegaram nos valores da indemnização, colocando-os no mercado, numa ou em várias casas de apostas para os multiplicar e o que sucedeu foi o inverso. A pressão de não ter margem para errar, retirou tranquilidade e discernimento, toldando a capacidade de decisão, levando-os a tomar decisões erradas e delapidar banca.

A melhor decisão que um/a apostador/a desportivo pode tomar é a de planear um ou dois anos sem rendimento regular, o chamado ordenado, criando um fundo de maneio que o permita assim que atingir esse valor, ai sim, abandonar tudo para viver em exclusivo das apostas desportivas.
Com isto dizer que o melhor cenário, antes de pedir a rescisão, antes de mandar o seu chefe ou o seu patrão para alguns daqueles sítios que, habitualmente, mandamos em surdina, deve economizar o suficiente que lhe permita viver tranquilamente e com as despesas regularizadas por pelo menos 12 meses. O ideal é 24 meses.

Sobre ser ou não possível viver, exclusivamente, de apostas desportivas, deve ser colocada outra: para que quer viver, exclusivamente, de apostas desportivas?

Porque não continuar a ser apostador/a desportivo/a como tem sido e encontrar outras actividades geradoras de rendimento que lhe devolvam igual ou maior realização do que as apostas desportivas? Será que a ambição de viver exclusivamente de apostas desportivas é sua, ou foi criada por algum vendedor de cursos, por algum youtuber da moda, algum blogger que se afirma lucrativo e quiçá a última bolacha do pacote? Não confunda expectativa com ilusão.

Gosta das apostas desportivas? Sente uma enorme satisfação quando faz algo relacionado com apostas? Adora ver os jogos e sentir a adrenalina de ter dinheiro investido? Então procure trabalhos na indústria das apostas desportivas, diversifique as actividades que realiza para poder diversificar as fontes de rendimento e de todas somadas, variáveis ou não, conseguir aquele rendimento mensal que o/a deixam tranquilo para gerir a sua banca e tomar as melhores decisões.

Um bem haja!

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro.Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas.Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte.Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário.O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo.Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas.Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo.Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda.Despeço-me com um forte abraço.Hélder M Queimado

Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
  Subscrever  
Notificação de