Cursos de Apostas Desportivas Vale a Pena - Guia do Apostador

Cursos de Apostas Desportivas Vale a Pena? – Guia do Apostador

Ganhe Dinheiro com Futebol

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

Este é um artigo com um conteúdo algo incómodo para algumas pessoas. Falamos claro, dos cursos de apostas, ou cursos para apostadores.

Mas será que vale a pena? Depende. Vai depender sempre do que o indivíduo procura, do conhecimento que já possui e do tamanho da sua bolsa, mas quanto a isso já lá vamos.

Já aqui trouxemos um artigo onde segmentamos os apostadores pela sua forma de actuar, destacando-se o Punter e o Trader. Dois apostadores, tão lucrativos quanto melhores conseguirem ser. A forma de actuar no mercado difere substancialmente, sobretudo, a plataforma que cada um utiliza para colocar as suas apostas.

Sabendo que o universo de apostas tem Punters e Traders, que existem imensos interessados em entrar nesta indústria, que dela sabem pouco ou mesmo nada, muitos pedagogos das apostas, têm investido o seu tempo e dinheiro em produzir e divulgar os seus cursos de apostas, massificando uma oferta que vai desde a gratuitidade até algumas centenas de euros.
Mas será que vale a pena? Depende. Continua a depender daquilo que o apostador ou o investidor procura.

Ganhe Dinheiro com Futebol

Como em tudo na vida, a aprendizagem é uma constante e basta que estejamos disponíveis para aprender, para retirar algo das mais diversas situações com que nos deparamos. Nas apostas desportivas é precisamente o mesmo.

Se o nosso querido leitor está interessado em adquirir um curso de apostas, seja ele para o Punter ou para o Trader, aceda a um motor de busca (o google é perfeito) e pesquise por curso de apostas e verá o que encontra.

Os conteúdos disponíveis, como referimos, podem ser disponibilizados de forma gratuita, mas são cada vez mais os cursos pagos. Nem todos valem a pena, os gratuitos ou os pagos e não é propriamente o montante envolvido que determina a sua qualidade. Muitos dos professores destes cursos, falam de apostas quando na realidade não sabem apostar, nem tem provas de ter os conhecimentos necessários para ensinar. Pior, muitos nem sequer sabem o que é didática ou pedagogia. Se quiser ensinar algo, para além de ter de dominar o tema que quero ensinar, terei de aprender como ensinar, de forma eficaz, como chegar aos alunos de modo a que aprendam o que eu tenho de ensinar, certo? Então se assim é, como se atrevem estes professores em cobrar por cursos de apostas?

Continua a valer a pena, fazer um curso de apostas? Mais uma vez, depende daquilo que procura e que curso quer fazer.

Como já focado noutros artigos, ser apostador é ingrato e acima de tudo, uma actividade de grande solidão, porque maior parte do trabalho que é feito, seja análise, seja a tomada de decisão, é feita de modo muito próprio e pessoal. E embora se possa e se deva discutir uma ideia para uma aposta, a verdade é que o apostador acaba sempre só, com a sua aposta. Mas nem todos tem a possibilidade de travar conhecimento com apostadores sérios e honestos, interessados em ajudar os outros, acabando por procurar evoluir através da formação – conceito tão na moda nos últimos anos. Deste modo, um curso de apostas surge como uma possibilidade.

Agora vejamos, se acabamos de afirmar que apostar é uma actividade que frequentemente obriga à reclusão, consequentemente, cada apostador acaba por desenvolver a sua própria forma de investir, apostar e lucrar, certo? Faz sentido ensinar algo standard para uma actividade que nem sempre é standard? E isto é fácil de avaliar pois as casas de aposta, por esse mundo fora, continuam a apresentar lucros.

Se formos para o universo trader, poderá ser ainda mais flagrante porque, o comportamento no mercado, a forma de lidar com os diferentes momentos do jogo e a variância das odds, difere de indivíduo para indivíduo e da experiência adquirida. É por isso que continua a existir trading e as bolsas de aposta continuam a existir, porque continuam a existir apostadores para cobrir o oposto do que nós apostamos (back versus lay). Portanto, é impossível standardizar o trading.

Será que vale a pena, estes cursos de apostas? Depende.

O saber não ocupa lugar e com tantos conteúdos gratuitos na internet, ignorá-los é sinal de arrogância. Porém, nem toda a palha faz palheiro e é importante separar o que é relevante do que é absurdo e guardar o que interessa, descartando o que não faz sentido.

Há cursos de apostas que só aumentam a confusão, como também existem cursos de apostas muito bons, sem qualquer outra intenção que não dotar o indivíduo de ferramentas para fazer o seu percurso. Do mesmo modo que existem conteúdos pagos que são ultrajantes e outros, que valem cada cêntimo. Depende, tudo depende do que procuramos.

Mas importa alertar que, o crescimento da indústria traz como consequência o aumento de falsos profetas e mecenas de apostas, que a troco da quantia exacta se propõe a transformar qualquer um no maior apostador do mundo. E nem todos têm a apetência ou capacidade para ser um apostador lucrativo.

Escrevo este artigo com a autoridade de alguém que já pagou por cursos que defraudaram a expectativa e que encontrou, em alguns conteúdos gratuitos, dicas muito valiosas para a minha forma de apostar.

Como dizem os nossos queridos amigos brasileiros, cuidado com os “picaretas”.

Um bem haja!

Ganhe Dinheiro com Futebol
Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro.Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas.Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte.Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário.O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo.Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas.Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo.Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda.Despeço-me com um forte abraço.Hélder M Queimado

Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
  Subscrever  
Notificação de