Inteligência Emocional e as Apostas Desportivas - Guia do Apostador

Inteligência Emocional e as Apostas Desportivas – Guia do Apostador

Ganhe Dinheiro com Futebol

Sejam bem-vindos, investidores desportivos!

O que é a inteligência emocional?

Um conceito da disciplina Psicologia que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e também os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles. De um ponto de vista discutível, a inteligência emocional é a competência responsável por boa parte do sucesso de um ser humano.

Esta é e será, ao longo de grande parte do nosso percurso, a competência cujo deficit mais impactará nas nossas decisões e por consequência, na nossa banca.

E se por acaso é daqueles que anda à caça de tips ou estratégias exclusivamente vencedoras e já rotulou este artigo de inútil, convido-o a ler até ao final. Talvez conclua, como eu fiz há algum tempo, que a inteligência emocional pode ajudar a perder menos dinheiro, ajudando a tomar melhores decisões.

Alguns teóricos defendem que a inteligência emocional pode ser aprendida em qualquer fase da nossa vida, independentemente, do estágio de aquisição da competência que o individuo já domina. Para tal basta que o individuo esteja motivado e disposto a esforçar-se para desenvolver esta competência.

De que forma se pode desenvolver esta inteligência emocional? Observemos três eixos sobre os quais nos devemos focar para dotar as nossas emoções da inteligência desejada.

Conhecer as nossas emoções:

Todo e qualquer apostador deve ter a consciência de reconhecer um sentimento ou emoção quando ocorre.

Que atire a primeira pedra o apostador que nunca foi atrás de uma aposta, sobre a frustração da perda da aposta anterior, ignorando por completo a sua própria gestão e as suas regras. Mas tal ocorrência é tão óbvia que cedo, nos disciplinamos para não o fazer.

Lidar com as nossas emoções:

Muito importante!

Todo o apostador deve aprender a lidar com os sentimentos à medida que se vão manifestando. A euforia do green, a frustração do red, a ansiedade no momento da cobrança da grande penalidade, ou a irritabilidade provocada por uma bad run.

A partir do momento em que conseguimos lidar com estes nossos sentimentos, tornamo-nos autoconscientes e evitamos erros de principiante. E cada um lida com os seus sentimentos à sua maneira.

Exemplificando: como reage a um red?

Afasta-se das apostas durante alguns dias?

Vai ao cinema, ou ao ginásio?

Liga aos amigos e vai jogar uma “futebolada”?

Liga a Playstation e vinga-se na equipa que o premiou com o red?

Nenhuma está errada e todas estão certas! Cada um lida como sabe e aprendeu com os seus sentimentos, desde que isso permita limpar a sua mente e o desvie de decisões erradas e cujas consequências, serão lamentadas mais tarde.

É muito importante para um apostador, criar os seus próprios gatilhos para identificar emoções negativas e aprender a parar quando começa a sentir tais sentimentos.

Automotivação:

Um apostador deve aprender a aproveitar as suas emoções, empregando-as em atingir uma determinada meta. Ou seja, aproveitar a negatividade e transformá-la em positividade.

Pode ajudar se nos debruçarmos sobre exemplos de empresários bem-sucedidos, de apostadores afamados, procurando conhecer novas formas de lidar com sentimentos negativos.

Lembre-se de uma das regras douradas de um apostador, registar sempre as suas apostas para retirar algo de todos os seus erros.

Se já chegou até aqui, saiba que lhe estou muito, mas muito agradecido! Também sei que a teoria é linda, mas a prática pode ser agonizante. Sim, eu sei!

Mas também sei que todos os dias aprendemos algo mais sobre nós que nos permite “alimentar” esta nossa competência.

A inteligência emocional e a capacidade de equilibrar as emoções é o que o vai ajudar a ser melhor apostador e também, melhor pessoa!

Um bem haja!

Sobre o Autor

Helder Queimado

O meu nome é Hélder Queimado e comecei no mundo das apostas como muitos. Um amigo comentou uma aposta feita na antiga Betandwin e aguçou a minha curiosidade. À curiosidade juntou-se o bónus de boas-vindas e isso foi o que bastou para me registar, depositar e começar a apostar, certo de que tinha encontrado uma galinha de ovos de ouro. Naquela altura a ignorância era enorme e a técnica para colocar apostas era o "achismo". Nenhuma gestão de banca, nenhum controlo de stakes, nenhum estudo preliminar, apenas meia-bola e força. Fácil compreender que a primeira banca foi entregue à casa de apostas. Mais tarde e muito por força da atenção mediática dada aos apostadores profissionais portugueses, decidi abrir conta na Betfair e fui atrás de conhecimentos, técnicas, compreender como estes conseguiam viver exclusivamente de apostas e alguns até, ser milionários. Nesta altura já conhecia os termos, mas não os dominava. Ouvia falar de consistência e achava que era ganhar todos os dias. O que lucrava num dia acabava por perder no dia seguinte. Cheguei à conclusão que precisava de melhorar, aprender, aperfeiçoar. Ao longo deste período fui apanhado pelo processo de legalização e acabei por guardar este projecto numa caixa e escondê-la no fundo do armário. O lançamento do Placard trouxe de novo "o bichinho" e lancei-me na procura de conhecimento, na experimentação e sobretudo, na especialização. Facto que nenhuma das casas legalizadas em Portugal me poderia oferecer os preços que eu necessitava para crescer, evoluir e acima de tudo, procurar o Longo Prazo. Confesso que o último semestre de 2017 e o primeiro de 2018 revolucionaram a minha percepção sobre a indústria e transformaram, completamente o meu paradigma permitindo-me projectar com clareza aqueles que são os meus objectivos e o caminho que devo seguir para concretizar os meus sonhos nas apostas. Actualmente, considero-me especialista no mercado de golos e procuro trabalhar de forma profissional com casas de apostas profissionais. Procuro publicar regularmente as minhas análises que ultrapassam a simples sugestão de aposta porque, considero muito importante um apostador ter a capacidade de redigir os factos apurados e justificar a sua aposta, de maneira a que muitos o compreendam e não apenas o próprio. Tal, permite-me confirmar o meu prognóstico ou, em alguns casos revê-lo e alterá-lo. Não vivo exclusivamente de apostas porque ainda não realizei todos os passos que necessito, mas, não tarda. Despeço-me com um forte abraço. Hélder M Queimado

3
Deixe Aqui o Seu Comentário ou Opinião, Obrigado!

avatar
3 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
3 Autores de comentários
luanEdsonGivanildo Autores recentes de comentários
  Subscrever  
o mais recente o mais antigo o mais votado
Notificação de
luan
Visitante
luan

Obrigado pela dica, um dia eu vou acerta todos os resultados da NBA e vou ganhar tudo que já perdi. 2900 kkk

De 10 acertei 9 quase kkkk

Edson
Membro
Edson

Para mim, a maior dificuldade é me conformar com um red proveniente de uma aposta extremamente analisada e estudada. Ver meu suado dinheirinho indo embora por meio de uma operação muito bem analisada é uma sensação horrível e de extremo desgosto pessoal. Junta-se a isso o fato de, às vezes, apenas observando o mercado, sem sequer entrar nele, aparecer uma simples e clara oportunidade de green, (como por exemplo entrar no 1X ao time da casa, quando este é favorito e está perdendo por 0x1, pressionando o adversário e a cotação daquele mercado esteja alta) daí, com isso, uma simples… Ler mais »

Givanildo
Visitante
Givanildo

Valeu pela dica